Ficar sentado é bom, mas não faz bem

Ficar sentado é bom, mas não faz bem

Na última semana falamos sobre a saúde dos pés e um dos fatores que tornam esses transtornos de fasceite plantares tão comuns nos dias de hoje. Hoje, outro ponto importante será analisado, o qual pode colaborar para gerar estresse às estruturas da sola dos pés, que também pode ser considerado outro costume cultural da atualidade: a INATIVIDADE!

Ela está diretamente relacionada a uma postura que adotamos em quase todos os dias e muitos são os que ficam assim, durante o dia todo, que é ficar sentado. Sentar sobre uma cadeira confortável ou um sofá aconchegante durante muito tempo pode até parecer agradável, mas para nosso corpo é uma atitude que vai gerar grandes transtornos.

Estudos atuais mostram que quanto mais tempo passamos sentados, maior a nossa chance de ter dor em diversos lugares do corpo, além de correr risco de ter outras doenças, causadas pelo sedentarismo.

Mas o que isso tudo tem a ver com as dores nos pés?

Quanto mais tempo passamos sentados, mais tempo deixamos nossa cadeia muscular posterior (músculos extensores de coluna, posterior da coxa e panturrilha) em encurtamento, deixando essa cadeira muscular mais tensa.

Esse encurtamento da musculatura posterior vai diminuir a elasticidade do nosso tendão de Aquiles, por exemplo, e esse tendão vai se inserir lá no osso calcâneo, deixando o osso com menor capacidade de mobilidade. A menor mobilidade do osso calcâneo vai gerar um grande estresse na fáscia plantar, deixando-a mais tensa e com mais facilidade para gerar um processo inflamatório.

Curioso como nossos hábitos interferem em nossa dinâmica corporal, no próximo post darei algumas orientações para ajudar no tratamento dessa disfunção tão comum. Fiquem ligados em nossas redes sociais e em nosso site!

 

 

Reacciona
13 de Novembro de 2017

Mais Artigos

Ver todos
Clínica Reacciona    Av. Independência, 350 Sala 113 - 11º Andar  Piracicaba, SP     Fone 19. 3375 2400
Reacciona Saúde & Performance     Rua Dona Eugênia, 775  Piracicaba, SP     Fone 19. 2534 2400
desenvolvido por Index Soluções